Dicas para você melhorar sua técnica no MTB - Webtreino

Dicas para você melhorar sua técnica no MTB

O mountain bike é realmente apaixonante. Em pouco tempo já se está querendo novos desafios e andar mais kms. Alguns enfrentando rochas, subindo colinas e descendo suavemente aqueles declives que antes pareciam impossíveis. Outros querendo apenas percorrer as trilhas locais da melhor maneira possível.

O fato é que não importa quais são seus objetivos, pois todos devem começar com o básico. Quer você pratique mountain bike para competir, se exercitar ou apenas para aproveitar o ar livre, ter boas habilidades no manuseio da bicicleta e confiança em trilhas fará com que seja uma experiência muito melhor. Para isso, preparamos algumas dicas para um bom início. Depois é com você!

Antecipe-se

Antecipação é o nome do jogo no mountain bike, no entanto, no começo é comum os iniciantes adquirirem o hábito de olhar para a trilha logo à frente da roda dianteira.

Isso pode levar a problemas ou colisões, pois você não é capaz de antecipar o próximo obstáculo na trilha com rapidez suficiente, tornando tudo uma surpresa.

Então, da próxima vez que você estiver em uma trilha familiar, lembre de olhar mais adiante, treinando para que você seja capaz de antecipar suas linhas mais cedo e ajustar sua velocidade de acordo com o que está mais à frente.

Desafie-se

Ao adquirir mais habilidade e segurança, comece a escolher trechos complicados das trilhas, que exijam técnica e façam com que você melhore na pilotagem.

Que perigos você deve procurar? Isso depende do seu nível de habilidade. Geralmente, procure pedras soltas, areia, água, raízes molhadas ou troncos.

Para encontrar sua linha: procure perigos à frente, observando cerca de 5 a 6 metros à frente. Em seguida, mova os olhos de volta para o pneu. Essa ação para cima e para trás permite que seus olhos captem muitas informações. Saber os perigos com antecedência pode ajudá-lo a ajustar o equilíbrio e definir uma linha ao redor deles.

Não sente demais

Manter-se sentado pode parecer uma aposta segura se o terreno ficar complicado, mas você estará perdendo os melhores amortecedores, suas pernas.

Suas pernas não apenas ajudarão você a absorver todos os solavancos, mas também permitirão que você separe seu corpo de sua bicicleta. Isso torna mais fácil inclinar-se e mudar seu peso, tornando-o um mountain biker mais rápido e confiante.

Dê uma olhada em qualquer corrida de downhill ou enduro profissional e você verá um tema comum: os pilotos quase nunca se sentam, então é uma habilidade que vale a pena prestar atenção.

Relaxe

Muitos pilotos sofrem de dores nas mãos, braços e ombros quando começam a pedalar e isso geralmente se deve a algo comum entre os iniciantes: segurar com muita força.

Pode parecer mais seguro agarrar as manoplas com um aperto semelhante ao de um torno, mas tudo o que fará é tensionar você e tornar mais difícil mover-se dinamicamente na bicicleta.

Obviamente, você não quer segurar tão levemente que suas mãos caiam das manoplas, mas relaxar um pouco sua pegada deve ajudar a reduzir a dor na parte superior do corpo e aumentar seu controle geral em trechos técnicos.

Marchas

O mountain bike envolve muitas subidas e descidas, então é bom saber como mudar de marcha corretamente. Os hábitos de troca adequados não apenas evitam o desgaste da bicicleta (especialmente a corrente e o cassete), mas permitem que você se mova com mais eficiência em subidas e descidas.

Troque de marcha frequentemente: os pilotos iniciantes devem praticar mudanças de marcha frequentes. Isso aumenta a memória muscular para que você possa subir ou descer intuitivamente conforme necessário, sem ter que pensar se está mudando para uma marcha mais fácil ou mais difícil.

Mudança cedo: não espere para mudar até que você já tenha começado a subir aquela grande colina. Sempre mude para a marcha necessária antes de atingir o terreno íngreme. Isso permite que você mantenha uma cadência constante para a potência máxima. Também evita mudanças desajeitadas sob uma carga que pode fazer com que a corrente se solte.

Se você tiver problemas para encontrar a marcha certa para o terreno que está pilotando, opte por girar com uma marcha mais leve.

Outra regra importante é evitar o encadeamento cruzado. Isso ocorre quando sua corrente é esticada desajeitadamente da pequena coroa na frente para a pequena roda dentada na parte traseira, ou da grande roda na frente para a grande roda dentada na parte traseira. Isso serve para configurações de coroa dupla e tripla. O encadeamento cruzado pode resultar na quebra da corrente devido à tensão; ele também estica sua corrente ao longo do tempo, encurtando sua vida útil.

Finalmente, lembre-se sempre de continuar pedalando enquanto muda de marcha. Não pedalar durante a mudança pode danificar ou quebrar a corrente.

Quedas

Ninguém gosta de cair da bicicleta, mas se você estiver fazendo mountain bike, provavelmente isso vai acontecer em algum momento, principalmente quedas bobas e escorregões.

Ao cair da bicicleta, tente manter os braços para dentro. Seu instinto pode ser estender a mão para segurar a queda, mas isso pode resultar em lesões.

Durante uma queda, a maioria dos danos se limita ao orgulho pessoal. Levante-se, bata a poeira e verifique se você não se machucou. Em seguida, verifique sua bicicleta. O assento ou o guidão podem ter torcido e a corrente pode ter se soltado.

Verifique também os freios e as marchas antes de continuar. Pode ser necessário um reparo ou ajuste na trilha, por isso é aconselhável carregar uma multi-ferramenta e um pequeno kit de primeiros socorros para quaisquer arranhões pessoais.

Caminhando com a bicicleta

No MTB é muito provável que você enfrente situações difíceis. Para isso, lembre-se de não lutar contra a bicicleta. Não há vergonha em parar e sair andando. Caminhar é uma parte absolutamente aceita do mountain bike. Muitas trilhas apresentam seções obrigatórias de caminhada de bicicleta que são muito difíceis de percorrer, para cima ou para baixo.

Seja suave contra o pedal

Ao contrário de ciclistas de estrada, que pedalam em superfícies mais lisas, os mountain bikers têm de lidar com todos os tipos de obstáculos imprevisíveis para encarar as subidas. Rochas, raízes, lama e, muitas vezes, tudo ao mesmo tempo. Nesses terrenos, forçar os pedais intensamente pode fazer você perder tração, devido aos picos irregulares de potência, por isso seja suave e constante.

Pedalar mais suave é decisivo para os mountain bikers, o que significa equilibrar a potência mais uniformemente a cada giro do pedal. Então, da próxima vez que você for encarar uma subida técnica e íngreme, aplique em seus pedais a pressão para gerar um movimento mais uniforme e circular.

Webtreino
Webtreino
A Webtreino surgiu no ano de 2000, sendo a empresa pioneira na área de Assessoria Esportiva em Curitiba e uma das primeiras no Brasil.