Que tal largar um pouco o clip e experimentar o Cross Triathlon? - Webtreino

Que tal largar um pouco o clip e experimentar o Cross Triathlon?

Rochas, raízes, poças de lama escorrendo nas trilhas. Se você está cansado(a) do asfalto e quer experimentar novos desafios no triathlon, as provas off-road podem ser uma boa alternativa.

Mas não se engane. Apesar de parecer que estamos falando praticamente da mesma dinâmica encontrada nas provas tradicionais, o triathlon off-road exige treinamentos específicos, com mais exercícios de força e terrenos variados.

Assim, mesmo que você seja um triatleta experiente em provas de asfalto, as trilhas podem te surpreender, mostrando que existem muito mais diferenças que semelhanças entre os dois tipos de triathlon. Aqui vão algumas delas:

1 Força

Fora do asfalto você tem que lidar com a inconsistência do terreno. Rochas, raízes de árvores e terrenos escorregadios são apenas alguns dos pontos que deverão ser superados nesses tipos de provas. Isso exige um novo trabalho de força, que o(a) torne capaz de exercer movimentos súbitos com grande dispêndio de energia e recuperação rápida para a continuação da prova.

2 Tempo

Nos triathlons de estrada, os cálculos de tempo em relação ao ciclismo são muito mais precisos quando comparados com os triathlons off-road. Nesses, a parte da bicicleta será mais lenta, e mesmo que você tenha treinado em percursos semelhantes ao da prova, as condições da trilha e outras variáveis tornam qualquer previsão difícil de ser realizada. Por isso, nas provas off-road, ouvir o corpo e manter a calma são muito mais importantes que acompanhar os dados do relógio, por exemplo.

3 Equipamento

Fora da estrada, um par de pneus caríssimo não te fará ir mais rápido se você não souber ajustar a pressão, avaliar o padrão do terreno e souber se comportar com as adversidades da prova. Portanto, muito mais que a bicicleta mais tecnológica, são os treinos e a capacidade de se adaptar que te farão ir bem e mais rápido nessas provas.

4 Tênis

Um bom tênis para trilhas é essencial. Eles devem ser leves, com boa ventilação, secagem rápida e, acima de tudo, com bom apoio para terrenos irregulares.

5 Alimentação

Diferentemente dos triathlons de estrada, onde é possível marcar o tempo e se alimentar sem maiores problemas, nas trilhas a oportunidade faz toda a diferença. Imagine estar superando uma parte muito técnica com a sua bike e tentar se alimentar ao mesmo tempo. Praticamente impossível! Sendo assim, em provas como essas o mais recomendável é marcar ou aproveitar os pontos onde é possível se alimentar corretamente e fazê-lo, mesmo que ainda não tenha dado o tempo estimado para isso.

6 Bike

Muita energia. É o que você irá precisar para superar pedras, buracos e raízes. Portanto, esqueça dos aerobars e práticas semelhantes, pois, diferentemente das estradas, onde é possível relaxar em alguns momentos, nas trilhas você estará sempre alerta, seja fazendo força nas subidas e partes mais técnicas, seja concentrando-se para vencer as descidas sem enfrentar problemas.

7 Corrida

Correr após a mountain bike é uma tarefa difícil. Uma variedade muito maior de músculos é utilizada durante a parte da bike, fazendo com que você saia para correr com um grande desgaste. Por isso, treinamentos de transição cross são essenciais para essa adaptação.
8 Atitude

Divirta-se, acima de tudo, pois, apesar do desafio, as provas de triathlon off-road sempre oferecem vistas legais, contato com a natureza e uma atmosfera descontraída entre os participantes. Esse é um dos motivos para que a modalidade cresça cada vez mais.


Acesse a nossa programação e confira os treinos específicos de corrida trail e transição cross triathlon

Acesse aqui

Confira também nosso calendário de provas off-road, com a presença da equipe Webtreino Trail

[ecs-list-events cat=’provas’]

Webtreino
Webtreino
A Webtreino surgiu no ano de 2000, sendo a empresa pioneira na área de Assessoria Esportiva em Curitiba e uma das primeiras no Brasil.